6 passos para seu negócio ter um blog incrível

6 passos para seu negócio ter um blog incrível
 
Não é novidade alguma para você, meu caro empreendedor que está aqui lendo este artigo, que o blog é uma peça importante dentro das estratégias do Marketing Digital, né? Mas é sempre bom reforçar que com o blog, é possível atrair o público que está nos buscadores de conteúdo espalhados na grande rede, seja para uma dica, produto ou solução de algum problema.
 
Além disso, conteúdo autoral e com conhecimento de causa escrito no blog do seu negócio gera maior credibilidade, tornando-o referência no que diz respeito aos assuntos abordados. Para criar um blog não é uma tarefa difícil, mas requer atenção, pois é preciso ler, revisar e editar quantas vezes for preciso seu conteúdo, para que seja consistente e atraente ao público.
 
Também é importante ressaltar que o blog deve estar diretamente vinculado ao site da sua empresa, gerando assim, maior tráfego de clientes para conhecer os produtos e serviços oferecidos pelo negócio. Pensando nisso, preparamos 6 passos para que seu negócio invista na ideia de ter um blog incrível. Quer saber mais? Então continue lendo esse artigo especial!


Conheça seu público

Para vender, é importante conhecer o perfil do seu cliente em potencial, certo? E para se ter um blog não é diferente, uma vez que o conteúdo precisa ser direcionado para quem se deseja. Para traçar o perfil é preciso analisar seu comportamento, como o que ele busca, quais redes sociais ele está presente, quais problemas e dificuldades ele tem e de que forma seu negócio pode ajudar.
 
Tente fazer um exercício com sua equipe afim de conhecer e focar naquele tipo de cliente ideal, que servirá tanto para aqueles que buscam informação quanto consumidores, online ou offline. Faça perguntas, direta ou indiretamente para quem já é cliente do seu negócio e organize essas informações para ter o perfil correto de seu público:

Demográfica
  • Qual gênero, idade e escolaridade do cliente que consome seus produtos ou serviços?

Pessoal/profissional
  • Como é sua rotina?
  • Quais são suas principais responsabilidades?
  • Quais são seus principais objetivos e obstáculos?

Consumo de conteúdo
  • Quais redes sociais você usa?
  • Como você se mantém informado?
  • Como você aprende novas habilidades?
  • Quais assuntos você mais gosta de acompanhar?

Hábitos de compra
  • Quais marcas você costuma usar?
  • Como você se informa sobre marcas e produtos? Onde costuma comprar?
  • Em quais canais você prefere interagir com marcas?

Relação com a empresa
  • O que te levou a procurar as soluções da empresa x?
  • Como a empresa x te ajuda a solucionar seus desafios?
  • Qual a maior qualidade da empresa x?


Crie conteúdo que ajude o cliente

A internet é sem dúvidas, a maior fonte de pesquisa de informações. Entre milhares de conteúdo sem qualquer nexo, existem sim a parte útil, que oferece solução de dúvidas, problemas e dificuldades que as pessoas possam ter no seu cotidiano. Por isso, seja pertencente a parte útil da internet, criando conteúdo com intuito de informar sobre produtos e serviços que sua empresa oferece, mas sem que seja focado na venda, mas sim para aquisição de conhecimento.
 
Elabore textos mostrando a importância de fazer tal ação, afim de melhorar a rotina ou a experiência de uso de algo e em como seu negócio está ligado diretamente pode ajudar nesse processo. Também é muito importante usar casos reais, experiências de clientes que deram certo e aprovaram seus produtos e serviços, mostrando para o público a real necessidade do seu negócio em sua vida.
 
Mas claro, vale lembrar que isso tudo deve estar escrito em ordem, seguindo todos os preceitos da ortografia, criando o velho começo, meio e fim de qualquer texto. Não precisam ser textos longos, que se passe 10, 15, 20 minutos lendo. Lembre-se de que a informação na internet precisa ser dinâmica e qualquer minuto a mais pode gerar a perda de interesse pelo seu blog.


Use palavras-chave

A qualidade do conteúdo criado para o seu blog é importante. Mas saiba que as palavras-chave não estão atrás e sim, elas podem definir o sucesso ou o fracasso daquele seu artigo bem escrito.
 
Isso porque, mesmo que a relevância hoje seja menor, palavras-chave ainda fazem parte de alguns critérios de pesquisa do Google e ajudam muito na hora de definir parâmetros do Google Ads.
 
Dessa forma, juntando o perfil de cliente traçado com as palavras-chave que mais se adequam ao seu negócio, é possível que haja uma comunicação mais efetiva, uma chance maior de pesquisa pelo seu conteúdo.


Use imagens para "falar" com seu conteúdo

O conteúdo sempre vai ser rei, isso sem dúvidas. Mas é preciso lembrar que apenas texto em cima de texto pode cansar e consequentemente, fazer com que o público perca o interesse sobre o que está escrito. Por isso, visualmente falando, é importante que seu conteúdo seja ilustrado com imagens relacionadas ao assunto que abordado. E quando falamos imagem, não definimos formato ou característica.
 
Elas podem ser estáticas, podem ser GIFs animados (caso o conteúdo permita descontração) e não precisam apenas encabeçar o conteúdo, mas podem haver mais durante os parágrafos ou tópicos. Tenha cuidado em não utilizar imagens de baixa resolução ou aquelas que apresentam marca d'água, pois estas podem estar protegidas por direitos autorais e claro, não é nada profissional.


SEO pra que te quero!

Otimizar o seu conteúdo para os mecanismos de busca não é opcional. Aplicar SEO é obrigação se quiser ver seu site e blog alcançarem relevância nas pesquisas e assim obter melhores posições nos buscadores.
 
Assim como as palavras-chave, é importante observar que os robôs de pesquisa analisam todo o conteúdo. Por isso, identificar imagens com títulos e descrição, criar links internos para outros conteúdos do seu blog são passos simples, mas objetivos que farão diferença lá na frente.
 
Outra coisa muito importante é o modo como o link do seu conteúdo será apresentado. Se o link for um código (Ex.: meusite.com/blog/index.php?article=120&content=1), tenha certeza que aqui já se perdeu mais de 50% da prática SEO.
 


Compartilhe o conteúdo

Apenas escrever, usar palavras-chave, imagens, ajustar o SEO podem não ser suficiente para que seu conteúdo se torne realmente atrativo. É preciso ir além, com esmero e dedicação.
 
Valorize seu próprio conteúdo, compartilhando ele em todos os seus canais sociais. Dispare o link para seus contatos via WhatsApp, Messenger, Telgram, etc. Faça propaganda mesmo!
 
Peça a seus colaboradores a fazer o mesmo. É importante que, quanto maior o engajamento orgânico, mais relevante o seu conteúdo se torna.


Por fim

Ter um blog não é um bicho de sete cabeças. Com esmero e dedicação, é possível criar conteúdo relevante que pode se tornar referência no assunto para seu perfil de público selecionado.
 
Além disso, um blog permite qualificar suas estratégias de marketing, servindo como base para a solução de problemas do seu cliente em potencial.
 

Assuntos Relacionados

Os 5 motivos para ter um site em seu negócio

As 9 tendências de Marketing Digital para este Natal

Mudanças de comportamento do mercado pós-pandemia